Editorial dossiê "Investigação preliminar, meios ocultos e novas tecnologias"

Manuel Monteiro Guedes Valente

Resumo


A sociedade internético-personocêntrica impõe novos desafios ao Direito, mas em especial ao Direito constitucional penal material e processual. A justiça é um bem precioso, a segurança é outro bem valioso, mas a liberdade é o maior valor da justiça. Esta trilogia exige ao legislador contenção para não ceder em agradar de todo os apelos dos cidadãos – justiça célere para o outro – e exige aos hermeneutas e exegetas um olhar atento nas opções político-criminais de persecução criminal face aos designados novos meios de obtenção/investigação de prova próprios da era digital que se revestem de uma natureza, materialidade e processualidade oculta. Impõe-se ao cientista do Direito que faça um exame crítico quanto aos fundamentos (pressupostos), fins e limites supraconstitucionais, constitucionais e infraconstitucionais do recurso às escutas telefónicas, aos agentes infiltrados físicos e digitais, ao rastreamento informático, às buscas digitais e apreensões digitais, ao registo de voz off e imagem, à videovigilância, aos campos avançados de investigação, ao controlo do GPS, do IP e do IMEI, e, até mesmo, à admissibilidade de utilização da itelligence para obtenção de prova criminal.

Palavras-chave


Editorial; investigação preliminar; meios ocultos; novas tecnologias.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Manuel da Costa. “Bruscamente no Verão Passado”, a Reforma do Código de processo penal. Observações críticas sobre uma lei que podia e devia ter sido diferente. Coimbra: Coimbra Editora, 2009.

DIAS, Jorge de Figueiredo. Direito Processual Penal. Lições policopiadas por Maria João Antunes. Coimbra, 1988-9.

GIACOMOLLI, Nereu José. O Devido Processo legal. Abordagem conforme a Constituição Federal e ao Pacto de São José da Costa Rica. São Paulo: Atlas, 2014.

ROXIN, Claus. Derecho Procesal Penal. Tradução do alemão Strafverfahrensrecht de Gabriela E. Córdoba e Daniel R. Pastor. Buenos Aires: Del Puerto s.r.l., 2000.

ROXIN, Claus; ARZT, Günther; TIEDEMANN, Klaus. Introdução ao Direito Penal e ao Direito Processual Penal. Tradução do alemão Einführung in das Strafrecht und Strafprozessrecht de Gercélia Batista de Oliveira Mendes. Belo Horizonte: Del Rey, 2007.

VALENTE, Manuel M. G. Processo penal – Tomo I. 3.ª Edição. Coimbra: Almedina, 2010.

VIEIRA, Renato Stanziola. Paridade de Armas no Processo Penal. Brasília: Gazeta Jurídica, 2014.




DOI: https://doi.org/10.22197/rbdpp.v3i2.82

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Manuel Monteiro Guedes Valente

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

____________________________________________

Revista Brasileira de Direito Processual Penal (RBDPP)

  

e-ISSN: 2525-510X - Clique aqui para metadados em OAI-PMH

   

Em parceria com | Partnership with:

Certificada e avaliada em:

SciRev     

Indexações, catálogos e diretórios | Data bases, catalogues and indexes: (ver lista completa/click here for the full list)

                                        

SCImago Journal & Country Rank